Sábado, 18 Novembro 2017 | Login
Santo André lança programa MEU PRIMEIRO EMPREGO

Santo André lança programa MEU PRIMEIRO EMPREGO

Convênio com o CIEE garante a contratação de cerca de mil novos estagiários para trabalhar na Prefeitura
 
 
Santo André, 6 de novembro de 2017 
 
Seguindo o trabalho de buscar parcerias benéficas para a cidade, a Prefeitura de Santo André assinou convênio com o CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), nesta segunda-feira (6), oficializando a contratação de 964 vagas de estágio para as mais diferentes áreas da Administração Municipal. Deste montante, 51 selecionados receberam das mãos do prefeito Paulo Serra os crachás para iniciarem as atividades. Cerca de 500 já estão contratados e serão chamados de acordo com a necessidade. O contrato de trabalho é válido por dois anos e o programa será permanente em todo o mandato. 
 
Além de todo aprendizado no dia a dia, os jovens trabalhadores ainda ganharão auxílios compatíveis e até melhores do que o mercado privado, como a bolsa de R$ 1517,00. A seleção aconteceu entre jovens universitários cadastrados no CIEE e que em seus respectivos cursos de faculdade apresentaram boas notas. A análise curricular é feita pela Secretaria de Inovação e Administração.
 
“A expectativa para esta parceria é muito grande e será um grande sucesso. Estamos adquirindo mão de obra qualificada, uma oxigenação trazida pela nova geração e um aprendizado para a vida toda. Teremos cerca de 500 contratados neste ano e o restante no próximo ano, podendo superar este número inicial. Santo André está sendo vista com bons olhos novamente e estamos nos recuperando a cada dia na criação de empregos. Esta é a saída para darmos passos maiores na cidade e este programa faz parte disso”, afirmou o prefeito Paulo Serra. “Teremos uma das melhores bolsas para os estagiários de todo o Estado e toda qualidade realmente de um emprego. Estamos investindo no futuro de Santo André. Temos que voltar a plantar para colher os frutos, e este é um dos caminhos”, comentou o prefeito Paulo Serra, que em 1999 exerceu estágio na Prefeitura. Vale lembrar que o número de vagas e as áreas pedidas foram oficializadas através do Decreto Municipal nº 16.902.
 
O superintendente de atendimento do CIEE, Luiz Gustavo Coppola, destacou a importância da primeira atividade profissional, principalmente por acontecer em um órgão público. “A integração dos jovens ao mundo trabalho é um momento de extrema importância por gerar renda e oportunidade de desenvolver nas respectivas áreas tudo que é aprendido dentro da sala de aula. Temos que destacar ainda a questão de servir a população, representando a gestão e aprendendo o funcionamento da administração pública. É louvável a ação da Prefeitura e tenho que parabenizar Santo André pela iniciativa”, enfatizou.
 

 

Itens relacionados (por tag)

  • Programação SESC Santo André
    Mês de novembro conta com programação para toda família, espetáculos circenses, teatrais e de dança, além de atividades tecnológicas e esportivas integram as atrações
     
     
    No domingo, 12/11, às 12h, a diversão fica por conta da Trupe Dunavô com o espetáculo “Refugo Urbano”. A peça fala sobre uma história de sentimentos, humanidade, sonhos, amor e palhaços. E no dia 19/11, às 16h, a trupe apresenta “O Livro do Mundo Inteiro”, em que um grupo de palhaços parte com a missão de colher histórias para a finalização de um livro misterioso.
    A Cia. de Danças de Diadema conta uma história de gestos por meio da dança, onde uma mão que, fascinada por movimentos, parte à descoberta do corpo. O espetáculo “A Mão do Meio - Sinfonia Lúdica” acontece nos dias 19/11 (domingo) e no feriado 20/11 (segunda-feira), às 12h. 
    Ainda integra a programação do mês atividades tecnológicas e esportivas, além de contação de história acessível. Confira a programação completa:
     
    CIRCO:
    SEMI-BREVE - COM LAS CABAÇAS
    Em Semi-Breve a dupla de palhaças Bifi e Quinan fazem uma releitura de cinco números tradicionais da palhaçaria circense: A Pulga; Soldado, sen-tido!; O Salto no Copo d'água; A Mágica e O Nome dos Santos. Livre | Grátis | 05/11. Domingo, às 16h
     
    O LIVRO DO MUNDO INTEIRO - COM TRUPE DUNAVÔ
    Um grupo de palhaços parte com a missão de colher histórias para a finalização deste livro misterioso, que será guardado e reaberto daqui milhares de anos, para que todos saibam dessas importantes histórias. 
    Livre | Grátis | 19/11. Domingo, às 16h
     
    TEATRO:
    DIVAGAR E SEMPRE - COM LAS CABAÇAS
    No meio da floresta, Bifi e Quinan procuram chegar a um lugar utópico e desconhecido, que vai se construindo à medida que caminham. O dia a dia das palhaças na canoa e nas terras por onde pisam, o encontro com a onça pintada, a singela alegria de um peixe pescado, os sons, a solidão e o medo, revelam ao espectador o imaginário misterioso desse lugar e dessas figuras. 
    Livre | R$ 17,00 (inteira), R$ 8,50 (aposentado, pessoa com 60 anos ou mais, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc  e dependentes)| Grátis para crianças até 12 anos mediante retirada de ingresso na Bilheteria | 05/11. Domingo, às 12h
     
    REFUGO URBANO - COM TRUPE DUNAVÔ
    Dois mundos excêntricos, caos e ordem, ligados pela ação da transformação. Dois seres intrigantes e complexos.  Claudius é organizado, comedido e cuidadoso. Pamplona é vibrante, emocional, e guarda consigo um universo único debaixo de seus sacos plásticos e papelões. Eles não se conhecem... ainda! Porém juntos, descobrirão o que há de mágico na trágica crueza das ruas. 
    Livre | R$ 17,00 (inteira), R$ 8,50 (aposentado, pessoa com 60 anos ou mais, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc  e dependentes)| Grátis para crianças até 12 anos mediante retirada de ingresso na Bilheteria | 12/11. Domingo, às 12h
     
    DANÇA:
    A MÃO DO MEIO - SINFONIA LÚDICA - COM CIA. DE DANÇAS DE DIADEMA
    Uma sinfonia lúdica composta de movimento, som e luz, que nos faz mergulhar num mundo feito poesia. Situações cotidianas se transformam, num piscar de olhos, em mágica. Gestos simples fazem surgir imagens surpreendentes e sensações inéditas.  Uma história sobre o nascimento, a descoberta do corpo e da vida, e também, sobre as diferenças. 
    Livre | R$ 17,00 (inteira), R$ 8,50 (aposentado, pessoa com 60 anos ou mais, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc  e dependentes)| Grátis para crianças até 12 anos mediante retirada de ingresso na Bilheteria | 19 e 20/11. Segunda e domingo, às 12h
     
    FORÇA FLUÍDA - COM CIA. DE DANÇAS DE DIADEMA
    O fluxo natural vem da natureza. O fluxo da respiração esta de acordo com a natureza. Qual é a força que flui...? O que faz o forte fluir...?
    R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (aposentado, pessoa com 60 anos ou mais, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc  e dependentes). Não recomendado para menores de 12 anos. | 18/11. Sábado, às 20h
     
    TECNOVEMBRO - Oficinas tecnológicas:
     
    Arduino para família
    Este workshop será uma ótima oportunidade de aproximar a família ao mundo da tecnologia e da cultura Maker, sendo apenas o início de uma infinidade de projetos utilizando esta plataforma. Não recomendado para menores de 10.
    Grátis | Inscrições gratuitas no local com 30 minutos de antecedência
    05/11. Domingo, das 14h às 17h
    19/11. Domingo, das 14h às 17h
     
    Meu primeiro robô
    Nesta oficina, os participantes irão programar seu próprio robô seguidor de linha, ou seja, um robô capaz de seguir de maneira autônoma um circuito definido por uma linha branca sobre uma superfície preta. 
    Grátis | Inscrições gratuitas no local com 30 minutos de antecedência.
    12/11. Domingo, das 14h às 17h
     
    Exposição Acessível:
     
    Contação de Histórias para ouvintes e não ouvintes - Com a arte educadora Isadora Borges
    Contação de histórias para o público espontâneo ouvinte e não ouvinte, inspiradas nos ilustradores da exposição Linhas de Histórias: o livro ilustrado em sete autores. 
    Livre | Grátis | 05 e 12/11. Domingo, às 14h
     
    NA ROTA DO PEDAL:
    Projeto que visa ampliar as questões sobre o pedalar e mobilidade urbana além de incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte.
     
    Giro 50km
    Pedal de aproximadamente 50 km, passando pelas Unidades do Sesc Vila Mariana, Bom Retiro, 24 de maio, fazendo uma parada no Mercado Municipal de São Paulo. 
    Não recomendado para menores de 16 | Grátis | 26/11. Domingo, das 8h às 15h
     
    Pelas trilhas de Paranapiacaba 
    Pedal de nível moderado em piso misto - terra e asfalto, permeados por mata e riachos, com aproximadamente de 35 Km. Informações e inscrições pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  
    Não recomendado para menores de 16 | Grátis | 19/11. Domingo, às 8h
     
    GERANDO SAÚDE NA MATERNIDADE:
    Dança Materna para Mães, Pais e Bebês + Banho de Balde - Com Tatiana Tardioli
    Uma aula de dança especialmente conduzida para embalar as famílias, finalizada com massagem e um refrescante banho de balde nos pequenos. O banho de balde é uma experiência extremamente prazerosa para o bebê, pois remonta ao aconchego no útero da mãe, pela contenção experimentada em função do formato do balde somada à imersão num meio líquido.
    Livre | Grátis | 12/11. Domingo, das 14h30 às 17h
     
     
    SERVIÇO: SESC SANTO ANDRÉ 
    Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André
    Telefone – (11) 4469-1311
    Estacionamento (vagas limitadas): Credencial Plena – R$ 5 (R$ 1,50 por hora adicional) | 
    Outros – R$ 10 (R$ 2,50 por hora adicional).
    Informações sobre outras programações:
     
     
  • Parque Escola TANGARÁ em Santo André completa 20 anos unindo educação e preservação ambiental
    Espaço atende escolas e oferece programação de oficinas sobre sustentabilidade, reaproveitamento de material, além de atividades de lazer
     
     
     
    O Parque Escola completa nesta semana 20 anos desde a sua criação, em 1997. Apesar da longa trajetória, muita gente ainda não conhece o espaço que fica encravado no bairro Valparaíso, com uma entrada pela estreita rua Cananéia. Quem passa ali do lado, no movimentado cruzamento entre as avenidas Príncipe de Gales e Dom Jorge Marcos de Oliveira, possivelmente nem imagine que próximo dali há um parque de 50 mil metros quadrados, com grande parte da sua vegetação originária da Mata Atlântica. As comemorações vão durar a semana toda com gincanas ecológicas para os alunos da rede municipal de ensino.
     
    Hoje o espaço, que abriga uma escola de Educação Ambiental desde o ano passado, recebe cerca de 14 mil pessoas por mês para atividades que vão desde oficinas, palestras e minicursos gratuitos sobre assuntos relacionados ao meio ambiente e reaproveitamento de material, até as aulas de Yoga, Liang Gong, Tai Chi e Zumba também gratuitos para a população. No Parque Escola acontecem ainda a Zumba sentada, para quem tem problemas de locomoção, e o projeto “Atividade Física e Saúde”, onde o participante mede seus sinais vitais, participa de palestras sobre saúde e ainda faz atividades físicas promovidas por um educador físico. O espaço tem pista de caminhada que passa por dentro do bosque e academia ao ar livre.
     
    E tem mais. O Parque Escola abriga o único cactário do ABC, um horto medicinal, orquidário, bromeliário, horta orgânica, pomar, sucatoteca, sala dos animais articulados (que são os artrópodes) e dos camuflados, minhocário e carpoteca (coleção de sementes), quatro tanques de plantas carnívoras e até um jardim das borboletas, entre outros espaços muito utilizados pelas escolas que vão ao local. Cerca de 2,5 mil estudantes visitam o Parque Escola todo mês.
     
    “Com a regulamentação da Escola de Educação Ambiental Parque Tangará dentro do Parque Escola, pudemos ampliar o atendimento à população com mais opções de oficinas, minicursos ou palestras voltadas para a temática do Meio Ambiente e Sustentabilidade, dentro da programação mensal, bem como a ampliação do número de visitas monitoradas e de aulas passeios realizadas com alunos da rede municipal de ensino”, destacou a coordenadora Sílvia Morisco.
     
    A Escola de Educação Ambiental foi regulamentada pela Lei nº 9899/2016, que denomina o próprio público “Escola Municipal de Educação Ambiental Parque Tangará”, a unidade educacional localizada no interior do Parque Escola. “Somos uma unidade educacional de práticas ambientais e promovemos uma conscientização das pessoas em relação ao mundo em que vivemos. O desenvolvimento sustentável deve estar aliado à educação ambiental, a família e a escola”, acrescentou.
     
     
    Cisterna – Uma das novidades do Parque Escola é a instalação de uma cisterna de 5 mil litros que já está recolhendo a água da chuva que é usada para lavar espaços grandes como pátio, estacionamento, quadras e calçadas. “A cisterna é uma ótima ferramenta para trabalharmos com as crianças a importância do uso consciente da água, além disso estamos fazendo a nossa parte na preservação do meio ambiente, com ações de sustentabilidade como essa e outras que ainda virão”, acrescentou Sílvia. A cisterna deverá trazer, ainda, redução de gastos com água no Parque Escola, segundo a coordenadora.
     
    Como chegar – O Parque Escola possui quatro entradas, pela rua Anacleto Popote, rua Cananéia, rua dos Botocudos e rua Grã-Bretanha. Para quem vem de carro, é possível seguir pela avenida José Amazonas, sentido São Bernardo, percorrer o espaço em que ela se torna rua Catequese, até o cruzamento com a avenida Dom Jorge Marcos de Oliveira, onde fica a Praça Monte Cristo e depois acessar a rua Cananéia, que fica ao lado do posto de gasolina. Para quem prefere ir de ônibus, a linha que passa no Parque Escola é o I06.
     
     
     
    Serviço:
    Escola de Educação Ambiental Parque Tangará – Parque Escola
    Entradas pelas ruas: Anacleto Popote, 46 e Cananéia, s/nº
    Horário de funcionamento: 8h às 17h
    Informações pelo telefone: 4436-9050
    E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.