Sábado, 18 Novembro 2017 | Login
Largada da Corrida Insana (Divulgação) Largada da Corrida Insana (Divulgação)

CORRIDA INSANA volta para São Paulo em dezembro

 
Etapa paulistana do circuito composto por dez infláveis gigantes será dia 17, no Clube Hípico Santo Amaro. Será a segunda passagem do evento pela cidade e as inscrições já estão abertas
 
A Corrida Insana vai fechar com chave de ouro sua primeira temporada no Brasil. No dia 17 de dezembro, o Clube Hípico Santo Amaro vai receber a 18ª e última etapa do circuito que já levou mais de 45 mil pessoas à 'loucura' em um percurso de 5km recheado com dez obstáculos infláveis coloridos e gigantes. A expectativa é que a edição especial em São Paulo repita o sucesso do evento promovido na cidade em setembro, quando o autódromo de Interlagos recebeu mais de 14 mil pessoas para dois dias de diversão esportiva em família.
 
Loucura no samba - A Corrida Insana já passou por nove cidades brasileiras e reuniu mais de 45 mil pessoas, de crianças a idosos. No final de semana passado, levou cerca de 10 mil pessoas ao sambódromo do Rio de Janeiro. “Além do Rio, Já visitamos Goiânia, Belo Horizonte, Blumenau, Ribeirão Preto, Sorocaba, São Paulo, Brasília e Campinas. Em todas as cidades, o que mais vimos foram famílias e grupos de amigos, todos juntos para um dia de diversão esportiva e em clima de total harmonia, sempre com um sorriso no rosto”, avalia Fabio Avelar, diretor técnico do evento.
 
Até a etapa de São Paulo, em 17 de dezembro, a Corrida Insana percorrerá mais oito cidades: Florianópolis (29/10), Curitiba (5/11), Porto Alegre (11/11), Jaraguá do Sul (15/11), Foz do Iguaçu (19/11), Londrina (26/11), São José dos Campos (3/12) e Vitória (10/12).
 
Diversão para todas as idades - A Corrida Insana não tem restrições quanto à participação, nem limite de idade. A única exigência é que a pessoa tenha altura mínima de 1,05 metro de altura. As largadas são em ondas com cerca de 170 pessoas cada vez, o que garante segurança e permite que grupos pratiquem a atividade juntos e sem atropelos. Não há cronometragem, nem obrigatoriedade de ultrapassar todos os obstáculos do percurso. Mesmo assim, todos recebem o kit do atleta ao cruzar a linha de chegada.
 
Vem mais por aí – O Brasil é o primeiro país latino-americano a receber a Corrida Insana. E os planos são grandiosos para os próximos três anos. Para 2018, a meta é dobrar o número de etapas, chegando a 36 em diferentes regiões do país. “A cada 12 meses, ou seja, ano a ano, faremos a troca dos infláveis, o que vai garantir sempre uma experiência nova aos nossos corredores insanos. Para 2018, vamos levar o circuito para as regiões do Norte e Nordeste, que não foram contempladas nesse ano, devido ao curto espaço de tempo dessa primeira temporada”, completa Avelar, lembrando que sua empresa têm licença da Insana Inflatable 5k (nome em inglês) para a América do Sul.
 
 
 
Conheça os obstáculos infláveis:
1 - LARGADA INSANA: a prova começa com o desafio de uma subida, seguida por um escorregador gigante.
2 – WAVERUNNER: é plano, mas cheio de lombadas e ondulações.
3 - MATTRESS RUN (Campo Minado): um teste para o equilíbrio e agilidade em um caminho cheio de buracos.
4 - BIG BALLS: Bolas gigantes surgirão à frente dos corredores e será preciso desviar.
5 - CRASH COURSE (Montanha): uma verdadeira montanha russa cheia de altos e baixos.
6 - PURE MISERY (no Sufoco): baseado nos manuais de treinamento militar, é um monstro de 30 metros de comprimento que testará força, agilidade, flexibilidade e resistência.
7 -WRECKING BALLS (Demolição): imagine bolas de demolição de prédios vindo na direção dos corredores. Ainda bem que são infláveis.
8 - JUMP AROUND: pular, saltar e descer resume este desafio.
9 - SLINGSHOT (Estilingue): o desafio é subir até o topo com a ajuda de uma corda e
escorregar.
10 - FINISH LINE: o ‘gran finale’ reúne um pouco de cada um dos obstáculos anteriores. É subir, pular e escorregar até a vitória.
 
 
 
 
As inscrições para a segunda passagem da caravana da Corrida Insana pela capital paulista já estão abertas. Os interessados podem se inscrever pelo site oficial do evento: www.corridainsana.com.br ou diretamente pelo link http://www.corridainsana.com.br/evento/sao-paulo-sp-dia-17-clube-hipico-santo-amaro/#inscricoes. O preço é R$ 79, mais taxas, para o primeiro lote, até 30 de outubro.
 
 
Mais informações:
Site: 
www.corridainsana.com.br

Itens relacionados (por tag)

  • 93ª CORRIDA DE DE SÃO SILVESTRE encerra primeiro lote de inscrições
    Fundação Cásper Líbero, agora, checará dados para saber se haverá abertura de novas vagas. Prova oferecerá serviços apenas para número de atletas oficialmente inscritos.
     
     
    A 93ª Corrida Internacional de São Silvestre fechará o ano esportivo no  dia 31 de dezembro, reunindo corredores de todo o país e também do exterior. A força da principal corrida de rua da América Latina mais uma vez se confirma com o término da primeira fase de inscrições nesta sexta-feira (17), uma semana antes do prazo oficial, marcado para 24 de novembro. Agora, a organização da prova fará o levantamento das confirmações para definir se haverá reabertura das inscrições.
     
    O evento reunirá 30 mil atletas, que enfrentarão o desafio de 15 km por ruas e avenidas da capital Paulista. A largada será na Avenida Paulista, altura da rua Frei Caneca, e a chegada em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero.
     
    A prova oferecerá infraestrutura (apoio médico, acessos, hidratação, lanches) para o número oficial de inscritos. Não serão disponibilizados recursos extras para atletas que não estejam inscritos oficialmente ("pipocas").
     
    O Comitê Organizador informa que essas dinâmicas estão sendo implantadas em fase experimental para melhor atender os atletas oficialmente inscritos e pede gentilmente a colaboração dos demais. As áreas de largada terão seus acessos controlados a partir da Alameda Santos e Rua São Carlos do Pinhal e a dispersão a partir da Rua Joaquim Eugenio de Lima até e Alameda Casa Branca. Todas as áreas serão restritas a corredores oficialmente inscritos e usuários locais.
     
     
     
    Mais informações no site oficial da prova:  www.saosilvestre.com.br.
     
     
     

  • XTerra Ilhabela - Sabrina Gobbo conquista o tetracampeonato nacional
    Com a vitória no Short XTerra, triatleta campineira garantiu seu quarto título geral consecutivo. Paulistana radicada em Barretos (SP), Laura Mira foi a vice-campeã da etapa
     
     
    As triatletas Shimano estiveram entre os principais destaques do XTerra Ilhabela, realizado neste domingo (29), no litoral Norte de São Paulo. Vencedora na disputa do Short XTerra, Sabrina Gobbo (Trek/Pearl Izumi/Shimano) garantiu o título antecipado do circuito nesta temporada, o seu quarto consecutivo, entre 2014 e 2017. Já a sua companheira de Shimano Sports Team, Laura Mira (Team Oggi/Isapa), também fez bonito, e ficou com a segunda colocação da etapa.
     
    O XTerra Ilhabela teve na principal prova 750 metros de natação, 17,5 km de mountain bike e 5,5 km corrida de montanha. Enquanto Sabrina Gobbo venceu a elite feminina em 1h51min20, cerca de sete minutos à frente de Laura Mira, o vencedor entre os homens foi Felipe Moletta, em 1h25min25. Mesmo saindo da água em segundo lugar, Sabrina conseguiu se recuperar no mountain bike e ultrapassar Laura, sua principal concorrente.
     
    "Estou muito feliz por ser mais uma vez campeã geral. Com esse quarto título, eu me igualo a Luzia Bello como maior campeã do evento no Brasil. Agora, meu objetivo é ser pentacampeã e aí subir mais um degrau na história da competição", comemorou Sabrina. "Foi um ano bastante equilibrado, disputando com a Isabella Ribeiro durante toda a temporada. O que me favoreceu em relação a ela foi eu ter ganho a etapa principal, XTerrra Brazil, também em Ilhabela, que valeu mais pontos em relação às demais provas", completou Sabrina, que tem sua mountain bike equipada com grupo Shimano XTR Di2 de transmissão de marchas eletrônica. 
     
     
    Copa do Mundo de Triathlon - A triatleta Clara Carvalho (Sense Factory Racing), de apenas 20 anos, disputou neste domingo sua primeira etapa de Copa do Mundo de Triathlon na elite mundial. Em Salinas, no Equador, Clara foi a 33ª colocada, após 750 metros de natação, 20 km de ciclismo e 5 km da corrida. "Imensamente contente por ter a oportunidade de estar competindo num nível tão alto que é uma World Cup. Com certeza há muitos aspectos a evoluir e nada melhor que uma competição assim para agregar mais aprendizado e experiência", destacou Clara. 
     
     
    Ladies Power campeã na Colômbia - A Weber Shimano Ladies Power, em uma parceria com a United Healthcare Pro Cycling Team, conquistou o título por equipes da 2ª edição da Volta da Colômbia de Ciclismo Feminino, realizada entre 24 e 29 de outubro. Rocío Parrado, Jessenia Meneses, Camila Valbuena e Fernanda Yapura foram as quatro atletas da Ladies Power em ação, que ao lado de Diana Peñuela formaram uma equipe mista. Quinta colocada no geral, Diana foi o principal destaque individual da equipe ao vencer os prêmios de metas volantes e por pontos. 
     
     
     
     
     
     
  • CAMPEONATO MUNDIAL 24h de MOUNTAIN BIKE - Brasil é qualificado para receber o Mundial de 24h solo
    Competição internacional será realizada pela primeira vez no Brasil, em 2019, e terá nos dias 25 e 26 de novembro seu primeiro evento da apresentação, um Eliminator (XCE)