Sábado, 18 Novembro 2017 | Login
12 Homens e Uma Sentença / crédito Alexandre Tremanti. 12 Homens e Uma Sentença / crédito Alexandre Tremanti.

Espetáculo 12 HOMENS E UMA SENTENÇA estreia em SP Destaque

Adaptação de clássico do cinema, premiado espetáculo 12 Homens e Uma Sentença faz curta temporada 
 
 
Há 7 anos em cartaz, com mais de 500 mil espectadores, Prêmio APCA de melhor espetáculo e com duas indicações ao Prêmio Shell, 12 Homens e uma Sentença entra em curta temporada no Teatro Porto Segurode 1º de novembro a 7 de dezembro, com sessões quartas e quintas-feiras, às 21h.
 
O texto de Reginald Rose (baseado na trama de um dos melhores filmes de tribunal da história 12 Angry Men, EUA, 1957, de Sidney Lumet) tem tradução de Ivo Barroso e encenação de Eduardo Tolentino de Araújo.
 
O elenco apresenta os antagonistas Norival Rizzo (no papel interpretado nas telas por Henry Fonda, o jurado n. 8) e Sérgio Mastropasqua (personagem vivido por Lee J. Cobb no cinema). Adriano Bedin, Alberto Guiraldelli, Almir Martins, Augusto César, Brian Penido Ross, Bruno Barchesi, Daniel Volpi, Fernando Medeiros, Ivo Müller, Leandro Mazzini e Rafael Golombek completam a seleção de atores.
 
O calor escaldante do verão de Nova Yorkfaz o suor pingar do rosto dos 12 homens trancados a chave numa pequena e claustrofóbica "sala de júri". Depois de dias de julgamento, está em suas mãos decidir a sorte do réu. O mais importante: o veredicto precisa ser unânime. Se os 12 enclausurados jurados considerarem o réu culpado do assassinato do próprio pai, ele será executado, mas se um deles tiver uma dúvida razoável a respeito da culpabilidade, o garoto não poderá ser condenado.
 
Para o diretor Eduardo Tolentino, o desafio de transpor o filme para os palcos está no trabalho de atores. "Trata-se de algo que envolve ideias e discussões, por isso é importante saber como tornar isso ao mesmo tempo atraente e impactante, como no filme. Precisamos estruturar a montagem para que vá além da fala e esteja tanto no corpo dos atores como no palco."
 
Com dramaturgia elaborada numa escala gradual de unidades dramáticas, o texto vai envolvendo o espectador na medida em que a história vai sendo contada. Doze atores em cena o tempo todo, a peça cria um fascinante embate, que culmina em um prazeroso desfile de uma amostra da sociedade.  
 
 
O filme e a história criada para a TV
Esta montagem conduz ao tablado o clássico que trazia no elenco também Martin Balsam, E.G.Marshall, Jack Warden, Ed Begley, Ed Binns, Jack Klugman. O filme, em preto e branco, recebeu três indicações ao Oscar – melhor filme, melhor direção e melhor roteiro adaptado. Henry Fonda ganhou o Bafta como melhor ator. Lumet venceu o Urso de Ouro de melhor filme no Festival de Berlim. No total, foram 13 prêmios e seis outras indicações. Fato curioso é que o filme, exceto três minutos de projeção, foi gravado dentro de uma pequena sala.
 
A história foi criada originalmente como uma peça feita para a TV e apresentada ao vivo em 1954 pela CBS; durante décadas acreditou-se que a apresentação original havia se perdido, até que, em 2003, houve a descoberta de uma fita gravada com o programa.
 
Henry Fonda viu a apresentação na TV e ficou impressionado com a peça. Reconhecendo um papel que se adequava com perfeição à sua sinceridade tranqüila e vendo a oportunidade de um filme emocionante, Fonda o produziu do próprio bolso. Entregou a direção a Lumet, um dinâmico veterano do teatro de TV ao vivo, cuja experiência lhe permitiu – e ao diretor de fotografia Boris Kaufman, outro especialista em trabalhar em espaços limitados e em preto-e-branco – extrair a tensão galopante do roteiro bem amarrado de Rose e concluir o filme em menos de 20 dias.
 
A telepeça de Reginald Rose recebeu uma refilmagem em 1997, também feita para a TV, com o mesmo título original. Foi dirigida por William Friedkin, o diretor de Operação França e O Exorcista. O elenco de grandes nomes tinha Jack Lemmon no papel que havia sido de Henry Fonda, George C. Scott ocupando o lugar de Lee J. Cobb, e os outros jurados foram interpretados por Armin Mueller-Stahl, James Gandolfini, Edward James Olmos e Hume Cronyn.
 
Entre as montagens teatrais da história no mundo, destaque para a de Harold Pinter, em 1996. Em 2003 o texto teve uma encenação aclamada no Festival de Edinburgo, com Owen O'Neill no papel do jurado 8. Vale ressaltar também a montagem do grupo Roundabout, de Nova York, em 2005, com três indicações para o TONY - melhor revival, melhor direção e melhor ator protagonista - além de vários outros prêmios.
 
Ficha técnica:
Texto: Reginald Rose. Direção: Eduardo Tolentino de Araujo. Figurinos: Lola Tolentino. Elenco: Adriano Bedin, Alberto Guiraldelli, Almir Martins, Augusto César, Brian Penido Ross, Bruno Barchesi, Daniel Volpi, Fernando Medeiros, Ivo Müller, Leandro Mazzini, Norival Rizzo, Rafael Golombek, Sérgio Mastropasqua. Produção Executiva: Ariel Cannal. Fotografias: Alexandre Tremanti. Facebook/tapagrupo. Instagram/grupotapa.
 
 
SERVIÇO: DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA
De 1º de novembro a 7 de dezembro  - quartas e quintas, às 21h
Ingressos: R$ 60,00 plateia / R$ 40,00 balcão e frisas.
Classificação: 12 anos. Duração: 100 minutos. Gênero: Drama.
 
TEATRO PORTO SEGURO
Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.
Telefone (11) 3226.7300.
Bilheteria:De terça a sábado, das 13h às 21h e domingos, das 12h às 19h.
Capacidade: 496 lugares.
Serviço de Vans: TRANSPORTE GRATUITO ESTAÇÃO LUZ – TEATRO PORTO SEGURO – ESTAÇÃO LUZ. O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. COMO PEGAR: Na Estação Luz, na saída Rua José Paulino/Praça da Luz/Pinacoteca, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Para mais informações, contate a equipe do Teatro Porto Seguro.
Bicicletário – grátis.
 
Vendas: www.ingressorapido.com.br
Site: http://www.teatroportoseguro.com.br

 

Itens relacionados (por tag)

  • Temporada OSESP 2018 | Natureza dos Sons
    Ao longo do ano a OSESP apresentará 112 concertos sinfônicos, incluíndo programas da série de assinaturas e concertos gratuitos, além de cinco concertos do Coro da Osesp, quatro programas do Quarteto Osesp e 11 recitais. Ao todo serão 134 apresentações na Sala São Paulo!
     
     
     
     
     
    A Temporada Osesp 2018 – Natureza dos Sons
    tem sua inspiração em dois dos mais importantes elementos
    de formação da cultura brasileira: a natureza e a música.
     
     
    Sobre a escolha desse tema, o Diretor Artístico da Osesp, Arthur Nestrovski, explica: “Poucas culturas têm riqueza natural como a nossa; e poucas também, semelhante patrimônio musical, com enorme variedade de gêneros e estilos. (...) É bem verdade, no entanto, que a música, tanto quanto a natureza, vem sendo ameaçada, de muitos modos, nesse período tão complexo. Cuidar da música, como cuidar da natureza, vai-se tornando, mais do que nunca, exercício de convicção: uma prática diária de persistência, em tempos de crise.”
     
    Para a Osesp, esse “exercício de convicção” tem se realizado ao longo de toda a sua trajetória, há mais de 60 anos, e continua pela Temporada de concertos na Sala São Paulo em 2018, com 32 programas de assinatura e 134 concertos no total, sendo 112 sinfônicos, 15 de câmara e sete corais. 
     
    Muitas são as iniciativas do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado da Cultura, para a divulgação e ampliação de plateias da música clássica, com realização da Fundação Osesp. A começar pelos Concertos Matinais Gratuitos, que acontecem sempre aos domingos de manhã na Sala São Paulo, com apresentações da Osesp e de orquestras parceiras. Somam-se a estes os Concertos Digitais, transmitidos para  milhares de espectadores gratuitamente pela internet; os Ensaios Abertos da Osesp, com ingressos a preço reduzido (R$ 10); e ainda os projetos fonográficos, que incluem os lançamentos pelo Selo Digital Osesp, para audição e download gratuitos. 
     
    Fundamentais, ainda, são os projetos educativos, como o Descubra a Orquestra, que recebe crianças e adolescentes de escolas públicas para concertos gratuitos na Sala São Paulo; e a Academia de Música da Osesp, que investe na formação e na profissionalização de jovens músicos de orquestra e coro.
     
    Nessa Temporada, atendendo ao objetivo de contribuir, ainda mais, para o fácil acesso à música clássica, uma nova ação foi criada: a Fundação Osesp oferecerá em todos os programas uma grande quantidade de ingressos ao preço do Vale Cultura (R$ 50), ao longo de todo o ano, tanto no setor do Coro como no setor superior; e ainda programou a série especial Grandes Clássicos, com quatro concertos regidos por Isaac Karabtchevsky, com preço único de R$ 50 (por apresentação), em todos os lugares da Sala.
     
    Falando ainda sobre a preocupação constante com o acesso do seu público à sala de concertos, junto ao anúncio recente de renovação da Praça Júlio Prestes pelo Governo do Estado, a Fundação traz uma novidade importante para a próxima Temporada. A partir de 2018, os concertos noturnos terão início às 20h30, às quintas e sextas-feiras; e os concertos de câmara, aos domingos, terão início às 19h. Já os concertos de sábado à tarde permanecem no horário das 16h30.
      
     
     
     
    DESTAQUES DA TEMPORADA
     
    Em 2018, a Série Sinfônica da Osesp terá 112 concertos – sendo 12 deles gratuitos –, além das séries de câmara e do Coro. Duas séries inteiramente gratuitas são destaque da programação: o festival Viva Villa! (em fevereiro, antes da abertura oficial da Temporada), com seis concertos seguidos, três destes sob a batuta de Isaac Karabtchevsky, celebrando o término das gravações da integral das 11 Sinfonias de Villa-Lobos; e a Maratona Mozart (em outubro), com cinco concertos regidos por Neil Thomson, com sinfonias do celebrado compositor austríaco, e tendo como solistas os ganhadores do Concurso Jovens Solistas da Osesp.
     
    Outros destaques são as sequências integradas de concertos que acontecem ao longo de toda a Temporada 2018, a começar pela série integral das Sinfonias de Beethoven, regidas por Marin Alsop (Diretora Musical e Regente Titular da Osesp), Valentina Peleggi (Regente em Residência da Osesp) e mais sete maestros convidados, entre eles Nathalie Stutzmann (Artista Associada 2016-18), Louis Langrée e Arvo Volmer; e as séries especiais Rossini – 150 Anos de Morte e Stravinsky Essencial (incluindo os três grandes balés modernistas do autor).
     
    O Artista em Residência será o flautista franco-suíço Emmanuel Pahud e o Compositor Visitante, o francês Philippe Manoury. O Músico Homenageado será Marcos Thadeu, preparador vocal do Coro da Osesp e Regente Titular do Coro Acadêmico. 
     
    Entre os solistas internacionais, a Osesp recebe muitos pianistas – Nikolay Luganski, Gabriela Montero, Steven Osborne, Pierre-Laurent Aimard, Tamara Stefanovich, Igor Levit e Roger Muraro –; além dos violinistas Pekka Kuusisto e Ning Feng; o violista Antoine Tamestit; e o trombonista Christian Lindberg (também como regente). Entre os solistas brasileiros, destaque para os pianistas Fabio Martino, Jean-Louis Steuerman, Lucas Thomazinho e Marcelo Bratke. Destaque ainda para o festival Piano Brasileiro, com concertos do Duo Gisbranco, Leandro Braga e Cristóvão Bastos, e André Mehmari.
     
    Entre as obras inéditas está a estreia latino-americana de um concerto do compositor português Vasco Mendonça, pela parceria com a Fundação Gulbenkian de Lisboa, além da estreia mundial de três peças especialmente encomendadas aos compositores Ronaldo Miranda (que comemora 70 anos), Aylton Escobar e Caio Facó.
     
     
    A programação completa já está disponível no site da Osesp e a versão digital para download do livro da Temporada será disponibilizada em breve.   [http://www.osesp.art.br/paginadinamica.aspx?pagina=temporadaosesp].
     
     
  • Programação SESC Santo André
    Mês de novembro conta com programação para toda família, espetáculos circenses, teatrais e de dança, além de atividades tecnológicas e esportivas integram as atrações
     
     
    No domingo, 12/11, às 12h, a diversão fica por conta da Trupe Dunavô com o espetáculo “Refugo Urbano”. A peça fala sobre uma história de sentimentos, humanidade, sonhos, amor e palhaços. E no dia 19/11, às 16h, a trupe apresenta “O Livro do Mundo Inteiro”, em que um grupo de palhaços parte com a missão de colher histórias para a finalização de um livro misterioso.
    A Cia. de Danças de Diadema conta uma história de gestos por meio da dança, onde uma mão que, fascinada por movimentos, parte à descoberta do corpo. O espetáculo “A Mão do Meio - Sinfonia Lúdica” acontece nos dias 19/11 (domingo) e no feriado 20/11 (segunda-feira), às 12h. 
    Ainda integra a programação do mês atividades tecnológicas e esportivas, além de contação de história acessível. Confira a programação completa:
     
    CIRCO:
    SEMI-BREVE - COM LAS CABAÇAS
    Em Semi-Breve a dupla de palhaças Bifi e Quinan fazem uma releitura de cinco números tradicionais da palhaçaria circense: A Pulga; Soldado, sen-tido!; O Salto no Copo d'água; A Mágica e O Nome dos Santos. Livre | Grátis | 05/11. Domingo, às 16h
     
    O LIVRO DO MUNDO INTEIRO - COM TRUPE DUNAVÔ
    Um grupo de palhaços parte com a missão de colher histórias para a finalização deste livro misterioso, que será guardado e reaberto daqui milhares de anos, para que todos saibam dessas importantes histórias. 
    Livre | Grátis | 19/11. Domingo, às 16h
     
    TEATRO:
    DIVAGAR E SEMPRE - COM LAS CABAÇAS
    No meio da floresta, Bifi e Quinan procuram chegar a um lugar utópico e desconhecido, que vai se construindo à medida que caminham. O dia a dia das palhaças na canoa e nas terras por onde pisam, o encontro com a onça pintada, a singela alegria de um peixe pescado, os sons, a solidão e o medo, revelam ao espectador o imaginário misterioso desse lugar e dessas figuras. 
    Livre | R$ 17,00 (inteira), R$ 8,50 (aposentado, pessoa com 60 anos ou mais, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc  e dependentes)| Grátis para crianças até 12 anos mediante retirada de ingresso na Bilheteria | 05/11. Domingo, às 12h
     
    REFUGO URBANO - COM TRUPE DUNAVÔ
    Dois mundos excêntricos, caos e ordem, ligados pela ação da transformação. Dois seres intrigantes e complexos.  Claudius é organizado, comedido e cuidadoso. Pamplona é vibrante, emocional, e guarda consigo um universo único debaixo de seus sacos plásticos e papelões. Eles não se conhecem... ainda! Porém juntos, descobrirão o que há de mágico na trágica crueza das ruas. 
    Livre | R$ 17,00 (inteira), R$ 8,50 (aposentado, pessoa com 60 anos ou mais, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc  e dependentes)| Grátis para crianças até 12 anos mediante retirada de ingresso na Bilheteria | 12/11. Domingo, às 12h
     
    DANÇA:
    A MÃO DO MEIO - SINFONIA LÚDICA - COM CIA. DE DANÇAS DE DIADEMA
    Uma sinfonia lúdica composta de movimento, som e luz, que nos faz mergulhar num mundo feito poesia. Situações cotidianas se transformam, num piscar de olhos, em mágica. Gestos simples fazem surgir imagens surpreendentes e sensações inéditas.  Uma história sobre o nascimento, a descoberta do corpo e da vida, e também, sobre as diferenças. 
    Livre | R$ 17,00 (inteira), R$ 8,50 (aposentado, pessoa com 60 anos ou mais, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc  e dependentes)| Grátis para crianças até 12 anos mediante retirada de ingresso na Bilheteria | 19 e 20/11. Segunda e domingo, às 12h
     
    FORÇA FLUÍDA - COM CIA. DE DANÇAS DE DIADEMA
    O fluxo natural vem da natureza. O fluxo da respiração esta de acordo com a natureza. Qual é a força que flui...? O que faz o forte fluir...?
    R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (aposentado, pessoa com 60 anos ou mais, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc  e dependentes). Não recomendado para menores de 12 anos. | 18/11. Sábado, às 20h
     
    TECNOVEMBRO - Oficinas tecnológicas:
     
    Arduino para família
    Este workshop será uma ótima oportunidade de aproximar a família ao mundo da tecnologia e da cultura Maker, sendo apenas o início de uma infinidade de projetos utilizando esta plataforma. Não recomendado para menores de 10.
    Grátis | Inscrições gratuitas no local com 30 minutos de antecedência
    05/11. Domingo, das 14h às 17h
    19/11. Domingo, das 14h às 17h
     
    Meu primeiro robô
    Nesta oficina, os participantes irão programar seu próprio robô seguidor de linha, ou seja, um robô capaz de seguir de maneira autônoma um circuito definido por uma linha branca sobre uma superfície preta. 
    Grátis | Inscrições gratuitas no local com 30 minutos de antecedência.
    12/11. Domingo, das 14h às 17h
     
    Exposição Acessível:
     
    Contação de Histórias para ouvintes e não ouvintes - Com a arte educadora Isadora Borges
    Contação de histórias para o público espontâneo ouvinte e não ouvinte, inspiradas nos ilustradores da exposição Linhas de Histórias: o livro ilustrado em sete autores. 
    Livre | Grátis | 05 e 12/11. Domingo, às 14h
     
    NA ROTA DO PEDAL:
    Projeto que visa ampliar as questões sobre o pedalar e mobilidade urbana além de incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte.
     
    Giro 50km
    Pedal de aproximadamente 50 km, passando pelas Unidades do Sesc Vila Mariana, Bom Retiro, 24 de maio, fazendo uma parada no Mercado Municipal de São Paulo. 
    Não recomendado para menores de 16 | Grátis | 26/11. Domingo, das 8h às 15h
     
    Pelas trilhas de Paranapiacaba 
    Pedal de nível moderado em piso misto - terra e asfalto, permeados por mata e riachos, com aproximadamente de 35 Km. Informações e inscrições pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  
    Não recomendado para menores de 16 | Grátis | 19/11. Domingo, às 8h
     
    GERANDO SAÚDE NA MATERNIDADE:
    Dança Materna para Mães, Pais e Bebês + Banho de Balde - Com Tatiana Tardioli
    Uma aula de dança especialmente conduzida para embalar as famílias, finalizada com massagem e um refrescante banho de balde nos pequenos. O banho de balde é uma experiência extremamente prazerosa para o bebê, pois remonta ao aconchego no útero da mãe, pela contenção experimentada em função do formato do balde somada à imersão num meio líquido.
    Livre | Grátis | 12/11. Domingo, das 14h30 às 17h
     
     
    SERVIÇO: SESC SANTO ANDRÉ 
    Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André
    Telefone – (11) 4469-1311
    Estacionamento (vagas limitadas): Credencial Plena – R$ 5 (R$ 1,50 por hora adicional) | 
    Outros – R$ 10 (R$ 2,50 por hora adicional).
    Informações sobre outras programações:
     
     
  • PAULA TOLLER em show inédito “COMO EU QUERO”
    O show passará por São Paulo e Porto Alegre com um repertório composto de grandes sucessos da cantora e também interpretações de canções dos Mutantes, Charlie Brown Jr e Stevie Wonder 
     
     
    Paula Toller apresenta seu novo trabalho “Como Eu Quero” e dá ao público a oportunidade de assistir à consagrada cantora e compositora numa apresentação inédita. Depois de viajar com o show Transbordada e de protagonizar a turnê Rock Brasil para mais de um milhão de pessoas, agora Paula apresenta seu repertório de forma mais essencial, numa performance tête-a-tête com o público. 
     
    A seleção contempla toda a sua carreira solo e no Kid Abelha. Além das próprias músicas, Paula também apresenta “Ando Meio Desligado”, dos Mutantes; “Céu Azul” do Charlie Brown Jr, numa interpretação delicada e emocionante; além de uma versão para "Don’t You Worry ‘Bout a Thing”, de Stevie Wonder, que virou “Deixa a Vibe te Levar”.
     
    Como não poderia ser diferente em um show de uma hitmaker, grandes sucessos compõem o setlist e o espectador poderá ouvir, entre outras, “Como eu quero”, “Nada Sei”, “Fixação” e “Grand’Hotel” interpretadas por Toller com o auxílio luxuoso do lendário produtor Liminha, nos arranjos e violão, além dos excelentes: Gustavo Camardella (violão), Pedro Augusto (teclados), Pedro Dias (baixo) e Adal Fonseca (bateria). A cenografia tem concepção do multifacetado Batman Zavarese. E a luz é assinada por Samuel Bets. 
     
     
     
    Serviço: SÃO PAULO
    Quando: 10 de novembro - Sexta-feira, às 21h
    Onde: Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)
    Classificação: Livre - www.teatrobradesco.com.br
     
    Ingressos de R$140,00 a R$240,00 (inteira)
    CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
    Ingresso Rápido: 4003-1212
    Bilheteria Teatro Bradesco: Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo
    Horário de funcionamento: Domingo a Quinta das 12h às 20h, Sexta e Sábado das 12h às 22h.
     
     
    Serviço:  PORTO ALEGRE
    Quando: 8 de dezembro - Sexta-feira, às 21h
    Onde: Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80 / 2º andar – Shopping Bourbon Country)
     
    Ingressos de R$100,00 a R$240,00 (inteira)
    CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sujeito à taxa de conveniência):
    CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sem taxa de conveniência):
    Bilheteria do Teatro do Bourbon Country: Av. Túlio de Rose, nº 80 / 2º andar (de segunda a
    sábado, das 10h às 22h, e domingo e feriado, das 14h às 20h)
     
     

      

     

  • BLACK LABEL SOCIETY lança novo single
    O Black Label Society lançou o clipe de seu primeiro single “Room Of Nightmare”, do álbum Grimmest Hits. O clipe foi dirigido por Justin Reich, grande colaborador da banda.
     
     
    A banda irá lançar seu décimo álbum, Grimmest Hits, no dia 19 de Janeiro de 2018 pela Spinefarm Records. O novo trabalho sucede os álbuns Catacombs of the Black Vatican de 2014 e Order of the Black de 2010, ambos listados no Top 5 da Billboard. Nesse tempo, Zakk Wylde lançou Book of Shadows II, o esperado trabalho desde seu primeiro álbum solo em 1996, que chegou ao 18o lugar no Top 200 da Billboard.
     
    “Room Of Nightmares” já está disponível em todos os serviços de streaming. Os fãs que comprarem o álbum na pré-venda do iTunes poderão fazer o download da faixa no mesmo instante. Ouça aqui https://spinefarmrecords.lnk.to/grimmesthits. A capa do álbum e sua tracklist estão logo abaixo.
    Wylde, agora de volta com Ozzy Osbourne após oito anos, já participou de alguns shows com aquele chama de “the boss”. A reunião aconteceu no verão com apresentações em grandes festivais como Chicago Open Air, Louder Than Life e continuará no Ozzfest Meets Knotfest.
     
    O Black Label Society atravessa o mundo alimentado por cafeína e cacofonia. A banda inspira o público onde quer que vá, convidando todos a participarem em sua fraternidade e irmandade do hard rock.
     
    Com dez álbuns de estúdio, álbuns solo, shows do Ozzy, e turnês do Zakk Sabbath acontecendo ao mesmo tempo, a banda navega com toda sua força.
     
    Black Label Society é formado por: Zakk Wylde (vocal e guitarra) / John DeServio (baixo) / Dario Lorina (guitarra) / Jeff Fabb (bateria)
     
     
    Grimmest Hits Tracklist: 
    1. Trampled Down Below
    2. Seasons Of Falter
    3. The Betrayal
    4. All That Once Shined
    5. The Only Words
    6. Room Of Nightmares
    7. A Love Unreal
    8. Disbelief
    9. The Day That Heaven Had Gone Away
    10. Illusions Of Peace
    11. Bury Your Sorrow
    12. Nothing Left To Say